One day is here and then it’s gone

DSC_0492

Tenho tido um sonho recorrente. Eu sonho que estou de novo em Troy ou NYC. Cada sonho é diferente, cada um com um enredo e pessoas diferentes comigo.  O sentimento de estar lá é tão natural, tão familiar. As ruas, os lugares. De repente, em algum momento do sonho eu acordo. E me deparo com o quarto escuro onde estou. Minha cama, tão familiar. Meus lençóis, a luz que entra pelas frestas da persiana da janela. Os passarinhos cantando lá fora. Não estou lá, mas sim aqui. Na minha casa, no lugar onde eu pertenço. E a dor e a tristeza me atingem em cheio. Aquele vazio de que agora eu estou aqui. Eu estou aqui e é tão longe de lá. E tem as malditas leis que me proíbem de voltar. As leis e as distâncias e as dificuldades financeiras. Eu não gosto desses sonhos. Porque, ao acordar, a realidade parece mais difícil do que é.

E em meio a tudo isso, vem a culpa. Maldita culpa que eu sinto a vida toda. Aquele sentimento de que o que eu estou sentindo é errado. Quase que uma traídora. Esse é meu país, essas são as minhas pessoas. Minha família, meus amigos, minhas tradições. Minha lingua que eu domino tão bem. Tudo é tão familiar e tão normal, mas eu me sinto de fora. Eu me sinto perdida. Deslocada. Sozinha. Um dia comentei com uma amiga, não entendo porque me sinto assim, afinal, não quero deixar de ser brasileira. Deixar de amar o meu país. Tudo o que sou e meus piores e melhores detalhes, são brasileiros. E não quero deixar ser eu. Mas…ao mesmo tempo, sinto que não consigo encontrar felicidade onde estou. Um sentimento agridoce. Que nunca, nunca passa.

DSC_0501

Eu sinto que estou perdendo. Eu sinto como eu só estou perdendo em minha vida, ultimamente. Perdendo coisas. Perdendo pessoas. Perdendo todas as possibilidades que eu tive, e agora se foram. Perdendo a vida na minha frente. Perdendo as esperanças que tive. A felicidade que tive.

Sempre me considerei uma pessoa triste, mesmo nos meus momentos mais alegres. Eu nunca soube responder se eu era uma pessoa feliz. Não sabia se a felicidade era parte de mim. Sim, momentos felizes. Momentos alegres. Mas então, por esse momento de minha vida, por esse breve momento de minha vida, eu fui verdadeiramente feliz.

Eu senti essa felicidade viva dentro de mim. Tão profunda e tão densa. Eu pude sentir-la. Eu pude toca-la. Era quente e pacífico. Era confortável. Eu senti essa alegria dentro de mim, ao meu redor, em todo lugar. Eu não pensava o que estava acontecendo, ou o que eu estava perdendo porque, eu tinha tudo que eu precisava. Eu tinha amor dentro de mim. Eu estava sozinha…mas eu estava completa. Em paz.

DSC_0487

Agora eu me sinto perdida. Tudo que eu sinto é a vida, a esperança e esse amor, deslizando pelos meus dedos e eu tento agarrá-los, eu tento segurá-los, mas eles continuam deslizando…

Eu estou no mesmo lugar que eu estava antes. No mesmo lugar que eu tentava tanto escapar, onde a vida me passava diante dos olhos e eu sozinha, assistindo, nesse lugar onde eu não pertenço. Não necessariamente um lugar físico…mas esse lugar dentro de mim, dentro da minha cabeça.

Eu queria que pudéssemos escapar da gente mesmo, mas a gente não pode. Eu queria que pudéssemos desaparecer no ar como nossos sonhos desaparecem na noite, mas não podemos. Eu sei o que a felicidade é, o que é se sentir contente e em paz em seu coração, o que isso é e como isso se parece e eu quero isso de volta. Eu quero a mim mesma. O eu que eu era nesse tempo. Eu sinto falta daquela eu. Eu sinto saudades de mim, da alegre e leve e esperançosa Luana. Eu me perdi em algum momento enquanto cruzava as linhas imaginárias que organizam o mundo. Num momento está aqui e então, já se foi.

DSC_0484

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s